domingo, 3 de julho de 2011

Achas-me segura, presa a ti. Pensas que tens tempo, que podes esperar. Que me podes fazer esperar. Que podes andar cheio de rodeios, variando entre sorrisos e olhares que passam por mim, sem me serem dirigidos. Que podes olhar para mim e sorrir, como se eu te tivesse salvo o dia, e no momento seguinte ignorar-me e resguardares-te nesse teu pequeno mundo, tão distante de mim.
E pensas isso porque, na verdade, podes mesmo. Podes adiar a conversa, porque eu vou esperar. Vou esperar até um sinal mais nítido, até uma palavra mais explícita. Até confessares o que eu espero ser verdade. O que eu preciso que seja verdade.

 fictício

25 comentários:

łnn Gray ۞ disse...

EU TAMBÉM ahahah :D

filipa margato disse...

estou bem linda (:

dianneV disse...

Obrigada bé (:

Fii' disse...

sigo*
como eu te percebo ;s

Ana Margarida disse...

Perfeito!

' kaaa, disse...

obrigada querida (:
temos uma coisa em comum

Sara'C disse...

Adorei ;)

Isabel disse...

Gostei mesmo muito!

Isabel disse...

Obrigada querida (:

filipa margato disse...

sim boneca (:

Fii' disse...

sempre às ordens querida (:

MAR* disse...

adorei o:
sigo *.*

łnn Gray ۞ disse...

Glass Of Water - Coldplay

' kaaa, disse...

o nome eu também me chamo catarina , só toda a gente me trata por kaa'

IP ♥ disse...

adorei o que escreveste (: apesar de ser fictício, está bastante sentido!

Só os loucos sabem! disse...

È lindo o seu blog, parabéns *-*

Sara'C disse...

No separador dos desafios, tenho um desafio para ti (:

J disse...

este texto, podia fazer parte da minha vida :s

Marcela disse...

Sigo*

Vanessa Santos disse...

gostei muito!

inês disse...

vou seguir, definitivamente*

Marcela Maia disse...

Obrigada eu Catarina linda :)

IP disse...

oh, obrigada :3 e muito obrigada por seguires!

catarina moreira disse...

gostei muito, sigo*

ana disse...

gostei muitoo *